(18) 3634-1396 | (18) 3634-1510   (18) 99774-0758
0
Minhas compras
Renasem empresa: SP-01526/2007 | Renasem engenheiro agrônomo: SP-18109/2021

Sementes de Canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub)

Referência: 00030-23 |
Avaliação:
(Total de 0 votos)

Sementes frescas e de Alto Vigor de Canafístula. Cada pacote de 100g representam aproximadamente 2.140 unidades de sementes.

Pacotes
Quantidade
Por R$ 10 ,00 Em 1x de R$ 10,00
Site seguro Disponível em estoque
Por R$ 10 ,00 1x de R$ 10,00 sem juros
Site seguro Disponível em estoque
Descrição

Sementes de Canafístula / Canafístula-Branca

 

Nomes populares: Canafístula, Acácia Amarela, Amendoim, Amendoim Bravo, Amendoim Falso, Angico, Angico Amarelo, Angico Bravo, Angico Cangalha, Angico Vermelho, Barbatimão, Cabeça de Negro, Cambuí, Camurça, Canafiste, Canafrista Branca, Canafrístula, Cancença, Canela de Veado, Canhafístula, Caobi, Cássia Amarela, Farinha Seca, Faveira, Faveiro, Favinha, Guarucaia, Ibirá, Ibirá Puitá, Jacarandá de Flor Amarela, Madeira Nova, Monjoleiro, Pau Vermelho, Quebra Serra, Sobrasil, Tamboril, Tamboril Branco, Tamboril Bravoe e Tambori.
Nome científico: Peltophorum dubium (Spreg.) Taub.
Família: Leguminosae - Caesalpinoideae (Caesalpinaceae)
Ocorrência: Sudoeste do Rio Grande do Sul e Sertão do Nordeste do país, em campos e na caatinga humida, respectivamente.
Morfologia: Planta espinhenta de 5-10 metros de altura, com tronco de 20-30 cm de diâmetros, revestido por casca verde acinzentada com ritidomas lenticelados. Folhas alternas espiraladas, composta por 1-2 pares de pinas, cada uma formada por uma raque plana de 20-30 cm de comprimento, com folíolos afastados entre si, obovados a elipticos de tamanho muito reduzido, flores amarelas, vistosas, bissexuadas, zigomorfas, diplamídeas, dialipétalas, predispostas em racemos axilares a sub-apicais curtos. Fruto legume paleáceo, indeiscente com poucas sementes rajadas acizentadas.
Fenologia: Floresce abundantemente em Dezembro a Fevereiro. A maturação dos frutos verifica-se em Março-Abril, entretanto suas pequenas vagens permanecem viáveis na arvore durante muitos meses.
Informações ecológicas: Planta decídua, heliófita, pioneira, característica da floresta latifoliada semidecídua da bacia do Paraná. Ocorre preferencialmente em solos argilosos úmidos e profundos de beira de rios, tanto na floresta primária densa como na formação secundária. Apresenta dispersão ampla e abundante, principalmente nas áreas mais próximas do grande rio.
Características da madeira: Moderadamente pesada (0,61), dura, compacta e bastante durável de cerne e Alburno distintos. Sujeita a empenamento durante a secagem, de longa durabilidade quando em lugares secos.
Utilidades da madeira: A madeira pode ser empregada para construção civil, marcenarias, tanoaria, carrocerias, dormentes, serviços de torno, etc. 
Outras informações: Possui flores melíferas e muito perfumadas. Pode ser empregado com sucesso no paisagismo em geral. Como planta rústica e de rápido crescimento, é ótima para a composição de reflorestamentos mistos de áreas degradadas. A arvore alem de muito ornamental quando em florescimento, proporciona ótima sombra quando isolada. 
Rendimento: Contém aproximadamente 21.400 unidades em sementes por kg

 Fonte: IPEF - Instituto de Pesquisas Florestais, H. Lorenzi - Arvores Brasileiras Vol. I 5º Edição pag. 140

Descrição
Sementes de Canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub)

Sementes de Canafístula / Canafístula-Branca

 

Nomes populares: Canafístula, Acácia Amarela, Amendoim, Amendoim Bravo, Amendoim Falso, Angico, Angico Amarelo, Angico Bravo, Angico Cangalha, Angico Vermelho, Barbatimão, Cabeça de Negro, Cambuí, Camurça, Canafiste, Canafrista Branca, Canafrístula, Cancença, Canela de Veado, Canhafístula, Caobi, Cássia Amarela, Farinha Seca, Faveira, Faveiro, Favinha, Guarucaia, Ibirá, Ibirá Puitá, Jacarandá de Flor Amarela, Madeira Nova, Monjoleiro, Pau Vermelho, Quebra Serra, Sobrasil, Tamboril, Tamboril Branco, Tamboril Bravoe e Tambori.
Nome científico: Peltophorum dubium (Spreg.) Taub.
Família: Leguminosae - Caesalpinoideae (Caesalpinaceae)
Ocorrência: Sudoeste do Rio Grande do Sul e Sertão do Nordeste do país, em campos e na caatinga humida, respectivamente.
Morfologia: Planta espinhenta de 5-10 metros de altura, com tronco de 20-30 cm de diâmetros, revestido por casca verde acinzentada com ritidomas lenticelados. Folhas alternas espiraladas, composta por 1-2 pares de pinas, cada uma formada por uma raque plana de 20-30 cm de comprimento, com folíolos afastados entre si, obovados a elipticos de tamanho muito reduzido, flores amarelas, vistosas, bissexuadas, zigomorfas, diplamídeas, dialipétalas, predispostas em racemos axilares a sub-apicais curtos. Fruto legume paleáceo, indeiscente com poucas sementes rajadas acizentadas.
Fenologia: Floresce abundantemente em Dezembro a Fevereiro. A maturação dos frutos verifica-se em Março-Abril, entretanto suas pequenas vagens permanecem viáveis na arvore durante muitos meses.
Informações ecológicas: Planta decídua, heliófita, pioneira, característica da floresta latifoliada semidecídua da bacia do Paraná. Ocorre preferencialmente em solos argilosos úmidos e profundos de beira de rios, tanto na floresta primária densa como na formação secundária. Apresenta dispersão ampla e abundante, principalmente nas áreas mais próximas do grande rio.
Características da madeira: Moderadamente pesada (0,61), dura, compacta e bastante durável de cerne e Alburno distintos. Sujeita a empenamento durante a secagem, de longa durabilidade quando em lugares secos.
Utilidades da madeira: A madeira pode ser empregada para construção civil, marcenarias, tanoaria, carrocerias, dormentes, serviços de torno, etc. 
Outras informações: Possui flores melíferas e muito perfumadas. Pode ser empregado com sucesso no paisagismo em geral. Como planta rústica e de rápido crescimento, é ótima para a composição de reflorestamentos mistos de áreas degradadas. A arvore alem de muito ornamental quando em florescimento, proporciona ótima sombra quando isolada. 
Rendimento: Contém aproximadamente 21.400 unidades em sementes por kg

 Fonte: IPEF - Instituto de Pesquisas Florestais, H. Lorenzi - Arvores Brasileiras Vol. I 5º Edição pag. 140

Mais vendidos
Sementes de Sansão do Campo(Mimosa caesalpiniifolia) Sementes de Sansão do Campo(Mimosa caesalpiniifolia)
  Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Sementes de Moringa Oleifera (Moringa oleifera) Sementes de Moringa Oleifera (Moringa oleifera)
  Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Sementes de Ipê Roxo de Bola (Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex DC.) Stand) Sementes de Ipê Roxo de Bola (Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex DC.) Stand)
De R$ 20,00 Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Sementes de Jacarandá Mimoso(Jacaranda mimosifolia D. Don) Sementes de Jacarandá Mimoso(Jacaranda mimosifolia D. Don)
  Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Você poderá gostar de
Sementes de Figueira Branca Sementes de Figueira Branca
  Por R$ 50 ,00 Em 1x de 50,00 sem juros
Sementes de Leiteiro Sementes de Leiteiro
  Por R$ 12 ,00 Em 1x de 12,00 sem juros
Sementes de Embauba do Brejo Sementes de Embauba do Brejo
  Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Sementes de Angico do Morro Sementes de Angico do Morro
  Por R$ 10 ,00 Em 1x de 10,00 sem juros
Avaliação dos Clientes
Seja o primeiro a avaliar.
1 Estrelas
(0)
2 Estrelas
(0)
3 Estrelas
(0)
4 Estrelas
(0)
5 Estrelas
(0)
0% recomendam esse produto
Faça a sua avaliação
Nome
Email
Sua nota:
5
Comentário
Fale conosco pelo WhatsApp ícone WhatsApp